Home Coronavirus no Brasil Rio de Janeiro aluga contêineres para manter corpos de vítimas da Covid-19

Rio de Janeiro aluga contêineres para manter corpos de vítimas da Covid-19

Hospitais e funerárias alugam contêineres refrigerados para manter corpos de vítimas do coronavírus, devido a lotação nos necrotérios.

715

O Rio de Janeiro vive hoje um estado de calamidade referente a saúde, dois contêineres refrigerados foram alugados e estão sendo utilizados para armazenar corpos de vítimas da Covid-19, a medida aplicada no Hospital Municipal Lourenço Jorge, localizado na zona oeste do RJ, é por conta da lotação no necrotério.

De acordo com a informação do Ministério Público do Trabalho do Rio, cerca de 50% dos funcionários (médicos e enfermeiros) do hospital estão afastados por problemas de saúde.

O Rio contabiliza o total de 1.205 óbitos e 13.295 casos confirmados do coronavírus.

A prefeitura do Rio disse que os contêineres tem o objetivo de atender o hospital, a maternidade Leila Diniz e a Coordenação de Emergência Regional da Barra.

Imagem: Divulgação
Imagem: Divulgação

Imagem: Divulgação

Em nota a Secretaria Municipal de Saúde informou que os contêineres frigoríficos visam também aumentar, preventivamente, a capacidade dos necrotérios e dar suporte às demais unidades de saúde de suas regiões.

Outros cinco hospitais também alugaram contêineres para poder manter os corpos, Hospital Ronaldo Gazolla, Hospital Souza Aguiar, Hospital Salgado Filho, Hospital Miguel Couto e o Hospital Evandro Freire. Além dos hospitais, funerárias também estão aderindo aos contêineres.