Home Coronavirus no Brasil Nova quarentena em junho na cidade de São Paulo será inteligente

Nova quarentena em junho na cidade de São Paulo será inteligente

Sem possibilidade de decretar lockdown uma nova quarentena será aplicada no estado de São Paulo.

1186

Na segunda-feira (25) foi dito pelo governador de São Paulo, João Doria, que o estado não tomará a medida rígida de lockdown para tentar conter a propagação do coronavírus, pelo menos não agora.

O governador confirmou que em junho terá uma nova quarentena em São Paulo, dita como isolamento inteligente para combater a covid-19, o detalhamento de como será realizado deve ser divulgado em uma coletiva agendada para quarta-feira (27).

“Neste momento, tenho que ser sincero. Neste momento não há perspectiva de lockdown imediato. Neste momento, não vamos decretar em nenhuma cidade. Mas o olhar é diário, temos o sistema de monitoramento inteligente”, informou.

Imagem: Divulgação

“Nós teremos uma nova quarentena… não é imaginável que possamos não ter uma nova quarentena a partir de 1º de junho, mas será uma quarentena inteligente. Ela vai levar em conta toda a regionalização de São Paulo, no interior, capital, região metropolitana, litoral. A decisão não será homogênea. Até agora foi porque precisava ser. Agora, podemos fazer heterogênea, seguindo orientação do comitê de saúde. Áreas que definam flexibilização cuidadosa e em etapas, serão levadas em consideração. Onde não puder, não será”, completou Doria.

Sobre o lockdown estar fora de cogitação no momento, João Doria afirmou que medidas extraordinárias podem ser realizadas em lugares que apresentam baixo índice de isolamento social e com UTIs (Unidade de Terapia Intensiva) quase lotadas.

Doria ainda diz que, “neste exato momento, hoje, não temos perspectiva de amanhã decretar lockdown, o que não implica que não venhamos a recomendar medidas adicionais em lugares onde há necessidade de melhorar o índice e reduzir os índices de leitos de UTI. O que fazemos é uma quarentena inteligente, que é feito com tecnologia e informações”.