Home Coronavirus no Brasil Lockdown em São Paulo será inevitável se a taxa de isolamento não...

Lockdown em São Paulo será inevitável se a taxa de isolamento não aumentar

O governo de SP não descarta Lockdown, o número de mortes e casos confirmados só crescem.

840

O governador de São Paulo, João Doria, e o prefeito Bruno Covas, já chegaram a rejeitar o Lockdown na cidade algumas vezes em coletiva, no entanto, com os números crescentes de mortes e casos confirmados da Covid-19, faz repensar a ideia de bloqueio total.

Os dados até o momento são de 51.097 casos confirmados e 4.118 mortes por Covid-19 no estado de SP, epicentro da pandemia no Brasil.

O prefeito já relatou que se chegar em um momento que os técnicos da saúde recomendem o bloqueio total, sim, o Lockdown será feito, com objetivo de tentar conter a proliferação do vírus, evitando que mais brasileiros morram.

Imagem: Divulgação/Movimento no Viaduto do Chá durante a quarentena

Segundo estudo realizado por pesquisados da Unicamp (Universidade Estadual de Campinas), se a taxa de isolamento social em São Paulo continuar baixa, o estado não terá outra opção a não ser adotar o Lockdown.

Imagem: Divulgação/Movimento em São Paulo após flexibilização

O estudo feito pela Unicamp, trabalha com um modelo matemático, o qual utiliza dados do crescimento do número de casos do novo coronavírus (Sars-Cov-2) em São Paulo no período de abril, de acordo com a pesquisa cada 100 paulistas infectados com a Covid-19 transmitiram o vírus para outras 149 pessoas no período de 7,5 dias após o contágio.

Para um possível controle da pandemia, a taxa de isolamento precisa estar acima 65%, muito diferente da realidade de São Paulo que até terça-feira (12) apresentava a taxa de 47%.

Se isso (aumento da taxa de isolamento) não for alcançado, São Paulo terá que adotar medidas mais drásticas de contenção”, afirmou Renato Pedrosa, um dos matemáticos da pesquisa feita pela Unicamp.