Home Coronavírus no Mundo Correio do Sul teme nova onda de coronavírus e fecha mais de...

Correio do Sul teme nova onda de coronavírus e fecha mais de 500 escolas

Suspeita de nova onda do coronavírus faz com que alguns países da Ásia redobrem o cuidado após saírem do confinamento.

249

De acordo com a informação publicada pela CNN Americana, em português (Rede de Notícias a Cabo), Seul capital da Coreia do Sul receia uma nova onda do coronavírus ainda mais grave.

Para tentar evitar essa tragédia mais de 500 escolas no país voltaram a fechar depois de um período muito rápido de reabertura.

Além das escolas, o fechamento estendeu a parques, cinemas, museus e galerias de arte, os festivais organizados pelo governo que estavam previstos na região também foram adiados, sem previsão para retomada.

Imagem: Reprodução/Ministro da Saúde da Correia do Sul, Park Neung-hoo

O ministro da Saúde da Correia do Sul, Park Neung-hoo, apelou à população que mora na região metropolitana da capital que evitem sair de casa.

A Correia do Sul é um modelo para o mundo de como lidar com a propagação do novo coronavírus, sem ter que implementar uma medida mais rígida, como um lockdown. O país aplicou rigorosos testes, como uma quarentena organizada e respeitada por toda população e rastreamento de contatos.